BENJAMIM

O escritor de canções que passou quatro anos radicado em Londres voltou para Portugal em 2013 para compor “Auto Rádio”, um trabalho em busca das histórias que não existem em mais parte nenhuma do mundo. Ainda antes do lançamento em Setembro de 2015, Benjamim percorreu o país de norte a sul para apresentar as músicas numa digressão de 33 datas seguidas ao volante da sua Volkswagen. “Auto Rádio” foi considerado melhor álbum do ano em vários meios de comunicação social.
O músico editou no final de 2017 o disco “1986”. Fruto de uma parceria com o britânico Barnaby Keen, trata-se de um exercício de reciprocidade e partilha em oito canções intercaladas, separadas pela língua e unidas pelo contexto. A estreia ao vivo teve lugar no Festival Músicas do Mundo de Sines. A banda marcou presença ainda no Vodafone Mexefest (Lisboa) e Cool Jazz Fest (Cascais). “Dança com os Tubarões”, “Terra Firme” e “Madrugada” mereceram grande destaque nas rádios nacionais.
Depois do tema “Zero a Zero”, escrito para Joana Espadinha no contexto do RTP – Festival da Canção, Benjamim assinou também em 2018 a produção do disco da mesma artista, “O Material Tem Sempre Razão”, do trabalho “Cidade Fantástica”, de Flak e ainda o álbum de estreia de Cassete Pirata. O ano de 2020 marca o regresso às edições discográficas com o aguardado sucessor de “1986” cujo título é “Vias de Extinção”.

Créditos Fotografias:
Vera Marmelo


LINKS
Youtube | Facebook

APRESENTAÇÕES

Próximas Apresentações

31JUL
Devesa Sunset, Famalicão / 19h00

Histórico

2020
26 JUN / Centro Cultural Vila Flor, Guimarães
20 JUN / Oeiras Ignição Gerador