SALVADOR SOBRAL CANTA BREL

A célebre chanson française remete para um universo musical com uma linguagem singular onde a palavra assume um papel primordial na construção das canções. 
Jacques Brel é um nome basilar da cultura francófona com carimbo impresso em várias manifestações artísticas, que vão do cinema à música. Foi na última que afirmou a sua identidade como um dos mais consagrados intérpretes do século passado - ultrapassando as fronteiras da sua Bélgica natal e da França que o acolheu. Um contador de histórias (quer através da palavra, quer da intensidade das suas performances) que apaixonou Salvador Sobral e o levou a criar este ciclo de concertos onde a proposta se explica no título: cantar Brel. 
Para a concretizar rodeou-se de músicos que compreendem esta linguagem musical em toda a sua complexidade e riqueza.

A acompanhá-lo estão Samuel Lercher (Piano e Moog), Nelson Cascais (Contrabaixo e Baixo eléctrico), Joel Silva (Bateria), André Santos (Guitarra e Cordofones madeirenses), Inês Vaz (Acordeão), Diogo Duque (Trompete, Fliscorne e Flauta transversal) e Ana Cláudia Serrão (Violoncelo).

Co-produção: Fado in a Box e Força de Produção


Programa Salvador Sobral canta Brel

APRESENTAÇÕES

Histórico

2020
10 FEV / Teatro Aveirense
08 FEV / Casa da Música, Porto
07 FEV / Centro Cultural de Belém, Lisboa